Significado de Arqueologia

O que é Arqueologia

Arqueologia é um substantivo feminino. O termo vem do Grego arkhé, que significa “antes, o que veio primeiro, velho”, mais logos, que quer dizer “estudo, tratado”.

O significado de Arqueologia descreve o estudo das antigas sociedades humanas utilizando vestígios materiais, que são encontrados pelos arqueólogos, profissionais da Arqueologia. De acordo com sua etimologia, pode-se entender que a arqueologia é a “ciência que estuda o passado” ou também como a “ciência que estuda o antigo”.

Grande parte dos objetos encontrados pelos arqueólogos provêm de escavações em sítios arqueológicos. Neles, há a possibilidade de aprender e conhecer sobre a cultura e os costumes dos antepassados que ali viveram. Nos sítios arqueológicos, há a preservação de parte da história e das tradições de um período e/ou de uma determinada sociedade.

 A arqueologia proporciona investigações acerca das informações e demais dados relevantes sobre as sociedades antigas para dar maior veracidade à história da humanidade.

Sendo assim, os arqueólogos são os responsáveis pela identificação, estudo e pesquisa por objetos que foram de outros povos. Esses elementos poderão ajudar na compreensão da estrutura sociocultural das sociedades primitivas, assim como o próprio processo de evolução e transformação destes grupos ao longo dos anos.

Quanto mais conservado estiver o elemento a ser analisado, melhor será a compreensão e a criação de teorias sobre a evolução humana.

Existe a faculdade de Arqueologia, requisito fundamental para exercer a profissão de arqueólogo. Há várias universidades públicas no Nordeste que oferecem este curso superior.

Arqueologia bíblica é um dos campos da arqueologia que se direciona ao estudo de materiais que acabam se relacionando de alguma maneira aos relatos contidos na Bíblia e na história das religiões judaico-cristãs.

Arqueologia e Paleontologia

É comum existir confusão entre os conceitos de Arqueologia e Paleontologia. Entretanto, cabe frisar que as duas palavras são ciências diferentes.

Enquanto que a arqueologia procura estudar as culturas antigas do ser humano e suas tradições, a fim de aprender um pouco sobre seus costumes e tradições, a paleontologia é o estudo dos fósseis, isto é, da fauna e flora fossilizada.

A paleontologia, nesse caso, tem como objetivo conhecer as variedades de espécies de plantas e animais que habitaram o planeta Terra em determinado momento.

O exemplo mais comum no estudo de paleontólogos (profissionais da paleontologia) são os fósseis de dinossauros, que viveram há milhões de anos.

Arqueologia do saber

Arqueologia do saber é uma obra do filósofo francês Michel Foucault (1926-1984), lançado em 1969.

No livro, o autor procurou promover uma revisão dos conceitos que enfatizam a natureza história da epistemologia. De acordo com Foucault, nada se pode esperar do falso conhecimento objetivo, bem como de falsas figurações da subjetividade.

Por isso, o papel da arqueologia é analisar as coisas – ideia muito atual, afinal sugere que a compreensão do mundo e da alma humana, sempre tão enigmática, precisam de novos caminhos, que podem ser encontrados pela arqueologia.

O significado de Arqueologia está na categoria Significados