Significado de Cidade-Estado

O que é Cidade-Estado

Cidade-Estado está relacionada com um local independente, uma cidade que possui seu próprio governo, ou seja, que se autogoverna (mantém suas próprias leis e governantes).

A Cidade-Estado é uma cidade que está localizada dentro de outra cidade (dentro de um território de algum país) ou em um local autônomo, mas que consegue sobreviver sem auxílio ou intervenção de outro centro político e administrativo.

O termo Cidade-Estado existe há muito tempo, desde a Antiguidade, como é o caso na Grécia Antiga: Atenas, Esparta e Tróia são exemplos – embora estivessem dentro do território da Grécia, essas três cidades funcionavam independentemente, com suas regras e leis do seu regime político.

As cidades, entre os antigos gregos, eram chamadas de “polis” (termo que originou a palavra “política”). Polis definia um território e um sistema político, isto é, uma região onde a cidade tinha poder e era vista como um centro econômico, político e cultural.

Era notável para todos a diferença pelo território circundante sobre a soberania da cidade-estado, como, por exemplo, na língua, literatura e até mesmo na religião. No exemplo de Atenas, Esparta e Tróia, via-se os mesmos costumes, homenagens e veneração pelos mesmos deuses e até a mesma língua – mesmo cada uma sendo governada por um rei diferente.

As Cidades-Estado também foram tradicionais na península itálica: Gênova, Florença, Veneza e Pisa, por exemplo, eram cidades independentes, embora estivessem em território italiano.

Um exemplo atual de Cidade-Estado é o Estado da Cidade do Vaticano (sua denominação oficial). A cidade do Vaticano, localizada em Roma, é eclesiástica e é governada pelo Papa.

Singapura e Mônaco também são cidades que, mesmo presentes em território unificados, têm leis e governantes próprios.

O significado de Cidade-Estado está na categoria Significados