Significado de Concepção

O que é Concepção

Concepção é o ato ou efeito de conceber ou de gerar um ser no útero de uma fêmea. A palavra concepção é classificada como um substantivo feminino e pode ter como sinônimas as palavras conceito, compreensão ou percepção.

Na maioria das vezes, o termo concepção é pertinente ao processo de fecundação e desenvolvimento do óvulo que origina a gravidez. Para a medicina o momento da concepção começa quando o espermatozoide fecunda o óvulo. A partir de então, ocorre uma série de alterações uterinas no corpo da mulher para que haja o desenvolvimento do embrião, sendo que o processo só termina no momento em que acontece o nascimento de um novo ser.

No campo da psicologia o termo concepção está relacionado ao processo criativo, ou seja, ela está ligada à habilidade imaginativa de conceber novas ideologias, perspectivas de mundo ou formas de apreciá-lo.

Já no âmbito da filosofia o conceito de concepção se aproxima do descrito pela psicologia, porém ele não está relacionado à imaginação, mas sim a capacidade racional do ser humano. Para a filosofia, o ato da concepção significa a elaboração de princípios que podem se transformar em uma teoria, sendo assim, ele é resultado dos esforços de alguém.

Os filósofos procuram, por meio de teorias, chegar a concepções para entender o mundo a nossa volta e como nos relacionamos com ele, além de procurar também respostas sobre os propósitos da nossa existência.

Concepção de educação e desenvolvimento

Com o passar do tempo, o campo da educação também começou a desenvolver teorias e métodos educacionais relacionados ao tema. Assim, surgiram concepções diversas e opostas sobre esse propósito, dentre elas destacam-se as chamadas concepções tradicionais e progressistas.

Na concepção tradicional não existe a possibilidade de uma maior interação entre o professor e o aluno e por isso ela é muito criticada, já que o aluno passa a ser tratado apenas como um ouvinte, que precisa apenas decorar o que está sendo proposto, desta forma não necessita criar nada, apenas reproduzir o que aprendeu. Já a concepção progressista defende a autogestão pedagógica, dando assim mais valor ao processo de aprendizagem em grupo através do diálogo, votações e até atividades extraescolares.

Outra divisão feita pela teoria geral da educação está nas concepções orgânica e mecanicista. A concepção mecanicista trata o ser humano como um mecanismo que pode ser estimulado por meio de estímulos externos, em contrapartida, na concepção orgânica o ser humano é percebido como um organismo que pode sofrer uma mudança do seu interior para o exterior através das suas experiências de vida e da forma que elas são experimentadas.

Desta forma, a concepção orgânica se conecta com a concepção progressista, da mesma forma que a concepção mecanicista associa-se com a concepção tradicional.

Além disso, a psicologia também molda diferentes teorias de desenvolvimento da aprendizagem e desenvolvimento humano. Segundo a teoria inatista, as características, aptidões e aspectos do ser humano, como sua personalidade e comportamento são inatos. Já a teoria ambientalista, também conceituada de teoria comportamentalista, explica que o ambiente serve como um molde de observação da conduta e comportamentos do ser humano, levando em consideração apenas o método de testar, medir, comparar e principalmente experimentar e controlar o comportamento humano. Essa teoria não leva em consideração o desejo, raciocínio e imaginação do ser. Por fim, para a teoria interacionista o desenvolvimento ocorre mediante uma interação mútua entre o ambiente e o indivíduo, ou seja, é a interação entre o organismo e o meio.

       

O significado de Concepção está na categoria Significados