Significado de Dramático

O que é Dramático

Dramático é um adjetivo derivado de drama, palavra que tem origem grega, “drao”, relacionado a ação, sendo voltada para a arte teatral.

O que é dramático?

Dramático, no nosso idioma, é uma palavra que qualifica tudo aquilo que está relacionado ao drama, relativo a uma ação comovente e que envolve sofrimento ou aflição.

Uma pessoa dramática, nesse sentido, é alguém que sempre exagera em suas reclamações, queixando-se de tudo de forma a chamar a atenção, tentando tornar mais comoventes os fatos que envolvem sua vida, buscando sempre sensibilizar outras pessoas de forma mais apelativa.

Drama, que deu origem ao termo dramático, teve seu início na Grécia Antiga. Na obra “Poética”, Aristóteles classificou a literatura de sua época em três estilos: o narrativo, o épico e o dramático, havendo também um quarto, que era misto, classificação que ainda é mantida nos gêneros literários, apenas com a mudança de seus nomes para narrativo, dramático e lírico.

Assim, desde a Grécia antiga, o drama é uma forma de arte que possui a dupla articulação, tanto na literatura escrita quando no teatro, em forma de espetáculo. Com o tempo, a natureza do drama, no entanto, encontrou diversas variações, de acordo com a época, as formas de arte e as proposições estéticas dos autores e atores.

As formas artísticas mudaram com o surgimento do rádio, do cinema e da televisão, mas o drama continua sendo uma obra escrita para o teatro, registrando sempre a diferença entre as indicações cênicas e as falas dos personagens, ou seja, o autor estabelece o que deve ser feito na própria obra para que ela seja passada para o público da mesma forma como imaginada.

Gênero dramático

No teatro, uma obra literária tanto pode ser apresentada no gênero narrativo, no gênero lírico ou no gênero dramático. As peças escritas para o teatro no gênero dramático são caracterizadas pela sua seriedade, mostrando cenas de forma solenes, carregadas de emoção.

O gênero dramático geralmente não tem um narrador, como acontece num conto ou num romance, deixando por conta dos atores toda a ação, tomando a palavra e se apresentando para o público e imitando as ações previstas no texto, fazendo o desenvolvimento da trama.

São muitos os exemplos de estilo dramático no teatro, tendo se desenvolvido vários estilos durante o tempo, como os dramas litúrgicos, na Idade Média, ou os dramas históricos, como “Ricardo III”, de Shakespeare, e o drama burguês, na época do Renascimento.

Gênero épico

O gênero épico está classificado dentro do gênero narrativo de apresentação de uma obra. Os textos épicos, de uma forma geral, são bastante longos, contanto histórias de uma nação ou de um povo, onde o leitor encontra aventuras, viagens, guerras, gestos históricos e também muito drama.

O gênero épico tem um formato voltado para a exaltação, valorizando os heróis de um povo ou cultura, e contando seus feitos de maneira marcante. O gênero épico tem a presença de um narrador, havendo, portando, a pretensão de se ter uma plateia. Nesse tipo de obra, os pronomes aparecem sempre na terceira pessoa.

As principais obras escritas no gênero épico são as epopeias, como “A Ilíada” e a “Odisseia”, ambas atribuídas ao poeta Homero, que viveu na Grécia, no século IX a.C., e “Eneida”, de Virgílio, que viveu em Roma no século I a.C.

O significado de Dramático está na categoria Significados