Significado de Eureka

O que é Eureka

Eureka é um termo normalmente usado como uma exclamação de felicidade por alguma descoberta.

Pesquisadores utilizam muito essa expressão quando conseguem alguma descoberta científica.

A exclamação eureka ficou conhecida por todo o mundo através de Arquimedes, quando ele descobriu o volume dos corpos submersos em líquidos.

A interjeição eureka significa “descobri” ou “encontrei”.

Algumas pessoas também usam esse vocábulo quando acabam de encontrar a solução para um problema difícil ou complicado.

Eureka origem

A expressão eureka é de origem grega héureka e significa “encontrei”.

O verbo heuriskein (descobrir, achar) quando conjugado na primeira pessoa do singular do pretérito perfeito do indicativo forma a palavra eureka.

Princípio de Arquimedes

Segundo a história, Arquimedes (um cientista grego que nasceu e morreu em Siracusa, na Magna Grécia) pronunciou a palavra eureka após descobrir que o volume de qualquer corpo que seja pode ser calculado se for medido/mensurando o volume de água que se move quando o corpo é submergido.

Essa descoberta é conhecida como Princípio de Arquimedes.

Arquimedes descobriu a solução quando se encontrava na banheira e verificou que o nível da água subia quando ele entrava nela. Assim que ele fez essa observação, saiu nu pelas ruas de Siracusa gritando eureka.

Arquimedes deu outras contribuições para as ciências, sendo algumas:

  • Uma máquina de guerra chamada “garra de Arquimedes”.
  • Lei do empuxo.
  • Hodômetro.
  • Lei da alavanca.
  • Cálculo da área sob uma parábola, etc.

Arquimedes – a coroa de ouro

O princípio de Arquimedes defende que todo corpo mergulhado em um fluído em repouso sofre, devido ao fluído, uma força vertical para cima e cuja identidade é igual ao peso do fluído deslocado pelo corpo.

Baseado nesse princípio Arquimedes foi capaz de encontrar a solução para um problema que envolvia a coroa do rei de Siracusa.

Conta-se que o rei Hierão havia contratado um artesão para fabricar sua coroa com puro ouro maciço.

O rei, ao contratar o serviço, ofereceu uma boa quantia em dinheiro e forneceu o ouro para ser usado na fabricação de sua coroa.

Quando Hierão recebeu a coroa ele desconfiou que o artesão realmente teria usado todo o ouro que recebera. A fim de ter certeza, solicitou que fosse utilizada uma balança para registrar a massa da coroa.

Assim que foi feito esse procedimento, observou-se que a massa da coroa era exatamente igual àquela do ouro que foi fornecido pelo rei.

Contudo, o rei Heirão não ficou satisfeito e continuou desconfiando do artesão pensando que ele havia misturado prata com o ouro e feito a coroa.

Com intuito de ter certeza sobre a igualdade das massas o rei contratou Arquimedes para resolver esse mistério.

Foi quando ele saiu gritando nu pelas ruas a palavra eureka.

Arquimedes encheu um balde de água e mergulhou a coroa e constatou que a água transbordava.

Depois mergulhou uma barra de ouro que tinha a mesma massa da coroa e após mergulhou uma barra de prata também com a mesma massa.

Ao final, Arquimedes observou que a coroa quando mergulhada transbordava menos água que a prata e mais água que o ouro.

Sendo assim, Arquimedes conclui que a coroa do rei Heirão fora fabricada com a mistura de ouro e prata.

Nesse caso, a densidade da coroa ficou entre a prata e o ouro, confirmando que realmente o artesão havia misturado os dois elementos na composição.

O significado de Eureka está na categoria Significados