Significado de Igreja Católica

O que é Igreja Católica

A Igreja Católica é uma religião que prega os ensinamentos de Jesus Cristo. A forma correta e completa de dizer é Igreja Católica Apostólica Romana, onde cada uma dessas palavras possui um importante significado.

Por igreja compreende-se, de acordo com sua etimologia (do grego, ekklesía, cuja variação para o latim é ecclesia) significa “reunião de pessoas”, sendo que o objetivo não precisa ser necessariamente religioso.

Já a palavra Católica é também oriunda do grego καθολικος e, posteriormente, houve a variação katolikos que é o mesmo que geral, universal. O termo Apostólico é de origem grega ἀπόστολος e significa “aquele que é enviado”. E, por fim Romana, porque a instituição religiosa foi fundada em Roma e sua sede, o Vaticano está localizado em parte do território italiano.

Entretanto, a fundação da Igreja Católica foi realizada após algum tempo da crucificação de Cristo uma vez que, os seus seguidores, conhecidos como cristãos, sofreram diversas perseguições pelos governantes da época.

Segundo a passagem bíblica onde Jesus Cristo diz que o seu discípulo Simão Pedro é uma pedra onde será edificada a sua igreja, de modo que nem as portas do inferno conseguirão prevalecer contra ela (Mateus 16:18); houve a compreensão de que o apóstolo Pedro é considerado o primeiro bispo ou papa da igreja.

A Igreja Católica se considera a primeira e/ou a verdadeira igreja de Cristo, embora não seja percebida, em nenhum momento da Bíblia, alguma menção que fundamente tal argumento. É constituída por diversas arquidioceses, dioceses e igrejas espalhadas por grande parte do mundo e é considerada uma das maiores religiões atuantes com mais de 2000 anos de existência.

O Papa, como sucessor de São Pedro e bispo de Roma, é o maior sacerdote da igreja e exerce forte influência sobre os cardeais, bispos e padres. Para muitos católicos, o Papa representa o próprio Jesus Cristo em terra. E, como a sede da igreja é no Vaticano, o Papa lá reside.

A Igreja Católica é conhecida e reconhecida pelos seus ritos litúrgicos que, no total, são 6: latino, bizantino, Armênio, Antioqueno, Caldeu e Alexandrino. Alguns preceitos católicos que são considerados importantes são os seguintes: batismo, participação da comunhão, casamento, primeira eucaristia e crisma, entre outros.

Contudo, a Igreja Católica ao longo de mais de 2000 anos de existência sofreu embates e divisões devido aos seus dogmas como o celebre caso do rei Henrique VIII que era um católico fervoroso, mas como desejava se separar de sua esposa para casar com a amante e, a Igreja não concede o casamento a divorciados, o rei – frente a recusa do papa da época, Clemente VII – criou a Igreja Anglicana.

Outra forte divisão que a Igreja sofreu foi com Martinho Lutero que era um sacerdote, mas por não concordar com vários preceitos da Igreja, entre eles, a veneração a Virgem Maria, provocou a excomunhão e criação do Protestantismo com várias igrejas, principalmente, em países de tradição anglo-saxônica.

Contudo, com o atual papado de Francisco I, muitos fieis retornaram a Igreja por simpatia a sua liderança que é respeitada até por outras religiões. Ele é mencionado tanto por católicos como pessoas de outras religiões como a verdadeira representação do Cristianismo e do Evangelho de Jesus Cristo.

Igreja Católica Brasileira

É uma variação da Católica Romana fundada no Brasil, em 1945, pelo Bispo de Maura, Dom Carlos Duarte Costa. A Igreja Católica Apostólica Brasileira nega alguns dogmas presentes na Igreja Romana como a infalibilidade do papa, o celibato para os sacerdotes e a proibição do divórcio.

Além do mais, deve-se acrescentar a negação quanto à obrigatoriedade do uso de batina fora da Igreja e dos atos litúrgicos, ou seja, fora dos compromissos religiosos os sacerdotes pensam que deve ultrajar roupas civis.

A expressão da Igreja Brasileira é considerada inferior à Romana, enquanto esta é a que exerce maior influência sobre os católicos em todo o mundo.

Igreja Católica Carismática

A Igreja Carismática é uma vertente e que funciona dentro das igrejas de cunho romano. No inicio, era denominada “Movimento de Renovação Carismática” e sua origem é reportada a um retiro espiritual realizado durante três dias (17 a 19 de fevereiro) de 1967 na Universidade de Duquesne, na Pensilvânia, onde os presentes pediam pela manifestação do Divino Espírito Santo e que lhe concedessem a renovação e retirassem delas o vazio que sentiam.

Mas, no Brasil, o movimento começou a partir de 1970, onde sacerdotes começaram a realizar retiros espirituais, de início em Campinas, no interior de São Paulo, e depois começou a se expandir para diversas cidades do país.

Além dos retiros, o movimento também ganhou expressão a partir do momento que começou a realizar encontros para os grupos de oração, como hoje é comum de encontrar em diversas igrejas que disponibilizam dias e horários específicos para esta atividade religiosa.

Ao contrário da Igreja Romana, a Católica Carismática não tem os 7 sacramentos e o Papa não é o líder absoluto da igreja. Os seus sacerdotes podem se casar, os métodos contraceptivos podem ser realizados entre as mulheres católicas e o chamado purgatório não existe.

O significado de Igreja Católica está na categoria Significados