Significado de Jacó

O que é Jacó

Jacó significa suplantador, isto é, aquele que segura pelo calcanhar, que vence. Na língua grega tem o significado de “aquele que lutou com Deus”.

Jacó, Irmão gêmeo de Esaú, é uma das figuras mais importantes da Bíblia. Dizem que seu nome foi escolhido porque ele teria nascido segurando o pé do primogênito Esaú. Ele foi o terceiro patriarca descrito na Bíblia.

O livro de Gênesis narra em 24 capítulos toda a história de Jacó. Nele, conta-se que Jacó era filho de Isaac e Rebeca e gêmeo de Esaú o primogênito. Porém, cada um dos pais tinha a preferência por um dos filhos. Enquanto Isaac se identificava mais com Esaú, que era um excelente caçador, Rebeca, a mãe, tinha preferência por Jacó, que era um garoto mais calmo e tranquilo.

De acordo com as tradições daquela época, somente o filho primogênito tinha o direito exclusivo da benção do pai.

Quando Isaac já estava com certa idade, quase cego e precisava dar sua benção ao filho primogênito, pediu a este que fosse caçar e que trouxesse uma carne e lhe fizesse um belo guisado. Rebeca ao ouvir o pedido, planejou uma forma de o marido abençoar seu filho preferido Jacó.

Após esse fato, a briga entre os irmãos foi declarada e, para não ser morto por Esaú, Jacó acabou fugindo para as terras de seu tio Labão. Ele acabou se casando com as duas filhas de seu tio e teve doze filhos. Nesta época, Jacó já havia se encontrado com Deus e trocado seu nome para Israel.

Jacó tinha prometido a Deus que voltaria para a terra prometida são e salvo, porém, descobriu que seu irmão armou uma emboscada para ele, então decidiu ficar onde estava.

Depois disso, acabou enviando presentes ao irmão, se humilhando e pedindo perdão a Esaú pelo fato ocorrido em suas vidas. Esaú aceitou o perdão, abraçou o irmão e, juntos, choraram.

O significado de Jacó está na categoria Significados