Significado de Necrópsia

O que é Necrópsia

Necrópsia, também escrito como necropsia (sem acento na letra “o”), é um substantivo feminino. O termo “necrópsia” vem de dois termos gregos: nekros, que significa “cadáver” e opsis, que significa “vista”.

O que é Necrópsia:

O significado de Necrópsia é entendido como um tipo de exame de caráter científico ou mesmo como um conjunto de procedimentos e observações realizados em cadáveres. O objetivo da necrópsia é determinar a causa mortis, isto é, a causa da morte daquele indivíduo.

A necrópsia deve ser uma série de procedimentos organizados e hierarquizados.

Antes da realização da necrópsia, informações são levantadas pelos investigadores, tais como consultas de registros médicos, falando com os próprios médicos e membros da família, assim como examinar o local da morte.

Como funciona a necrópsia:

  1. Há a preparação do corpo: isso acontece após o momento em que os familiares reconhecem a vítima. É necessário identificar o corpo com o número do Registro Geral (RG) ou do boletim de ocorrência. Coletam-se as impressões digitais.

Roupas e projéteis (se existirem) são encaminhados para exame balístico. Logo, o corpo é lavado com água e sabão.

  1. Cortes são feitos no crânio, tórax e abdômen.
  2. Retiram-se os órgãos, como, por exemplo, cérebro, coração, pulmões, entre outros para serem pesados, examinados e medidos.

Nessa etapa, pode-se indicar se a causa da morte foi um afogamento, por exemplo, quando o pulmão está mais pesado (pode estar cheio de água).

Outro exemplo é se há massa encefálica espalhada – isso pode determinar que a pessoa sofreu uma fratura no crânio, decorrente de uma pancada ou queda, talvez.

  1. Colocam-se os órgãos de volta (sem muita preocupação nessa hora, por isso eles ficam espalhados de qualquer maneira). O corpo é costurado.

Necrópsia Clínica

A necrópsia clínica é o procedimento realizado por um médico patologista, que será responsável em esclarecer e determinar não só a causa mortis, mas também quais processos patológicos afetaram o indivíduo.

Geralmente, esse tipo de exame é solicitado por profissionais da saúde que trataram o paciente, bem como a autorização da família do paciente.

Necrópsia Forense

Já a necrópsia forense é realizada por um médico legista – especialista em afirmar quais foram as causas, efeitos ou quaisquer mecanismos que levaram ao falecimento do indivíduo. Essa é a forma que comumente aparece em seriados de televisão.

Há a determinação do juiz para que o legista faça a necrópsia forense, especialmente em mortes repentinas e suspeitas. Com essa ordem, os familiares do indivíduo não podem rejeitá-la.

Entende-se que após a morte, o corpo passa por modificações, chamada de alterações cadavéricas, como, por exemplo, alterações oculares, putrefação, coagulação do sangue, entre outras.

Os processos de alterações cadavéricas são separados em fases:

  1. Rigidez cadavérica,
  2. Manchas cadavéricas,
  3. Gasosa,
  4. Coliquação,
  5. Esqueletização.

Necrópsia x Autópsia

Normalmente, as palavras necrópsia e “autópsia” são utilizadas como sinônimos.

Autópsia também vem de dois termos gregos: autos, que significa “de si próprio” e opsis, que significa “vista”. Ou seja, autópsia quer dizer analisar pessoalmente ou ver por si mesmo.

O significado de Necrópsia está na categoria Significados