Significado de Oligopólio

O que é Oligopólio

Oligopólio é um conceito bastante utilizado na área da economia política para representar um mercado onde existem muitos compradores e poucos vendedores.

É uma palavra derivada do grego “oligos” que significa “poucos” e “polein” que significa “vender”, ou seja, poucos vendedores.

O sistema de oligopólio não é algo benéfico para o mercado, pois se houver, por exemplo, algum problema com uma determinada empresa do grupo, isso atingirá as outras empresas também, podendo causar um caos em determinados setores da economia.

Esse sistema também não é nada favorável para os consumidores, que acabam pagando um alto preço por esse domínio, uma vez que essas empresas fecham o cerco para evitar que novos concorrentes entrem nesse mercado dominado por poucos.

O oligopólio pode ser definido por um domínio total sobre o mercado, rigidez nos preços para que não haja competição, aceitação dos vendedores dos preços estipulados e principalmente na união das empresas formando os trustes.

No entanto, há dois grupos que detém o poder de pressionar esse mercado tão fechado e restrito:

O Truste, que é a união, uma aliança econômica ou financeira entre as empresas que se unem para eliminar qualquer tipo de concorrência ou mesmo dividir o mercado. Se por acaso ocorrer a formação de truste, não haverá concorrência de preços, assim, tal concorrência é direcionada para a área da qualidade e atendimento ao cliente.

No outro caso ocorre o chamado Cartel. Nele, as poucas empresas dominantes especificam um determinado preço de um produto. Isso é feito para que todas elas obtenham o mesmo percentual de lucro.

O contrário de oligopólio é oligopsônio. Nesse caso, haverá um número maior de vendedores e menor de compradores.

Oligopólio e monopólio

No caso do monopólio, o mercado é dominado apenas por um vendedor ou fornecedor, enquanto no oligopólio há um grupo reduzido de fornecedores que vendem um único produto. Em ambos os casos, a concorrência não deixa de ser desleal e quem sempre sai perdendo são os consumidores, que são obrigados a aceitar tais imposições caso queiram obter o produto oferecido pela empresa.

Quando um determinado produto é fundamental para a economia, é preciso que o Estado intervenha e crie leis que proíbam a criação de um desses sistemas.

Oligopólio no Brasil

No Brasil, podemos citar como exemplo de oligopólio as empresas de telecomunicações, que oferecem acesso à banda larga e outros produtos. Elas formam um pequeno grupo de empresas que dominam um amplo mercado. Atualmente, existem somente quatro empresas que comandam esse setor. São elas: a Oi, Telefônica, NET e GVT.

Como são poucas as empresas que oferecem esses serviços, os consumidores não têm muitas alternativas e, isso, acaba limitando o poder de escolha dos mesmos.

O primeiro oligopólio no Brasil ocorreu na área da telefonia móvel, com a fusão entre a TIM e a VIVO, duas das empresas mais fortes e bem conceituadas nesse setor.

Outro exemplo claro de oligopólio é o das montadoras de veículos no Brasil. Até bem pouco tempo elas dominavam o mercado nacional, porém, quando houve a abertura para a entrada de carros importados, que concediam vantagens bem melhores para os consumidores, elas se uniram para manter o controle no setor.

Essas montadoras quiseram forçar o governo brasileiro a proibir a entrada de outras montadoras no Brasil, principalmente as chinesas, que fabricam carros bem mais em conta.

O significado de Oligopólio está na categoria Significados