Significado de Rock And Roll

O que é Rock And Roll

Rock and Roll ou rock’n’roll são expressões que têm origem no idioma inglês e são conhecidas mundialmente como o nome de um dos estilos musicais mais populares do planeta. O nome deriva da expressão rocking and rolling, que pode ser traduzida como balançar e rolar e também como uma gíria para o ato sexual.

Estudiosos apontam o surgimento do rock and roll como o final dos anos 40 e início dos anos 50, quando o mundo vivia a ressaca do pós-guerra, e a nova música representou o espírito da juventude da época que definitivamente queria viver num mundo diferente do de seus pais, a geração que quase destruiu o mundo com a Segunda Guerra Mundial.

Nesse momento em que a juventude, especialmente nos EUA e na Europa, ansiava por um mundo novo, a música negra começa a se transformar e ritmos como o boogie-woogie, o gospel e o blues surgiram. Esses ritmos passaram a se misturar e a apostar num novo jeito de tocar mais contagiante, que recebeu também influências da música country e do folk, e resultaram num novo tipo de música, muito alegre, ousado e rebelde, e que acabou servindo perfeitamente como trilha sonora para uma juventude que queria definitivamente romper com a geração anterior.

Anos 50

A partir da metade dos anos 50, o rock and roll começou a se popularizar rapidamente. No início, a nova música foi recebida com preconceito, pois era uma música feita por negros e interpretada por negros, algo que a sociedade estadunidense até então não estava preparava para aceitar plenamente.

Contudo, um jovem chamado Elvis Presley fez com que, definitivamente, o rock conquistasse a juventude. Cantando e dançando como um negro, Elvis se transformou no primeiro grande rockstar tal qual conhecemos hoje, e todas as rádios e programas de TV dos EUA chamaram o rapaz para mostrar o seu trabalho e o seu talento conquistando o mundo.

Junto com Elvis Presley, os EUA e sua nova música levaram ao mundo todo nomes como Chuck Berry, Jerry Lee Lewis, Bill Haley, Little Richards, Buddy Holly, músicos de grande talento que compunham sucessos que fezeram do rock uma febre mundial.

Anos 60

Na década seguinte, o sucesso do estilo continuou e ele se diversificou em uma gama enorme de sonoridades inovadoras. Surgiu a primeira geração de músicos influenciados pelo rock in roll, e essa geração teve novamente grandes nomes nos EUA que se tornaram sucesso internacional. Contudo, a partir dos anos 60, a Inglaterra tomou o protagonismo do rock e a partir de então um número significativos de grandes nomes do estilo passaram a ser originários da Grã-Bretanha.

Em 1962, os Beatles estrearam e escreveram todo um novo capítulo na história do rock. Fãs de Elvis Presley, Chuck Berry e de toda a turma dos anos 50, os Beatles fizeram ainda mais sucesso que seus ídolos em menos de 10 anos de carreira. Eles promoveram uma série de transformações no rock in roll que fizeram do estilo uma coisa diferente do que foi originalmente. Abriram caminho para que outros artistas e bandas também se empenhassem em revolucionar o rock in roll com experimentalismos e misturas com tendências, literatura, cinema, história em quadrinhos, filosofia, religião, ocultismo e tudo mais o que a criatividade permitisse.

Nos anos 60, além dos Beatles, a Inglaterra revelarou nomes como os Rolling Stones, The Who, Eric Clapton, The Kinks e etc. Por sua vez, no mesmo período, nos EUA vemos o surgimento de artistas como Bob Dylan, The Doors, Janes Joplin, Jimi Hendrix e uma infinidade de outros.

Anos 70

O rock in roll transformou-se em uma verdadeira indústria, ganhando rios de dinheiro com as músicas barulhentas que os jovens produziam e as gravadoras investiam cada vez mais em novos nomes e em novidades musicais, afim de conquistar novos mercados.

A era de experimentalismo, inaugurada pelos Beatles nos anos 70, ganhou um novo fôlego, com bandas como o Pink Floyd que, com seu rock psicodélico, criaram obras primas musicais apreciadas até por quem não gosta de rock.

O rock in roll foi ficando cada vez mais agressivo e pesado, e no início dos 70 houve a explosão das bandas inglesas de Hard Rock como Black Sabbath, Deep Purple, Iron Maiden e Led Zeppelin.

Ainda na Inglaterra houveram bandas formadas por músicos altamente gabaritados, criando músicas cada vez mais complexas, dando origem ao chamado rock progressivo, e revelando nomes como Yes, Genesis e Emerson Lake & Palmer.

Nessa década, o rock in roll também recebeu a influência do teatro: David Bowie foi o maior arista a misturar rock e dramaturgia.

Nos EUA, o rock continuou com força, apesar de, nesta década, a relevância que passou a tomar as bandas inglesas ficou evidente. Contudo, na terra do Tio Sam, grandes nomes surgiram como: Kiss, Lynyrd Skynyrd, Bruce Springfield, Neil Young e etc.

No fim dessa, década a Alemanha e a Austrália também começaram a despontar como países de onde grandes bandas de rock in roll surgiram. Da Alemanha apareceu o Scorpions e da Austrália AC/DC e Dire Straits.

Na segunda metade dos anos 70, tivemos também o surgimento e a explosão do punk. O rock ficava cada vez mais técnico e sofisticado, então uma nova geração começou a fazer um rock bem simples e direto, cheio de revolta e anarquia, dando origem a um novo estilo de rock extremamente influente no mundo desde então. Os Ramones são a principal influência americana de punk e na Inglaterra na mesma época surgiram os Sex Pistols, The Clash e um infinidade de outras bandas.

Anos 80

A nova década surgiu sob a influência do punk e da mescla desse estilo com outras vertentes, como a música eletrônica, que também começou a dar os seus primeiros passos, com a disco music e com o pop. Da mescla, surgiram o pós-punk e a new wave, estilos bons para as pistas que iam da melancolia extrema à alegria total. A nova sonoridade dos anos 80 era mais popular e promoveu um boom de rock também no Brasil, que apesar de já ter grandes nomes surgidos nos 70, como Mutantes e Raul Seixas, naquele momento alcançou todas as faixas etárias e classes sociais com bandas como: Kid Abelha, Legião Urbana, Ultraje a Rigor, Barão Vermelho, Titãs e muitos outros.

Internacionalmente falando, as bandas de pós-punk inglesas são os maiores expoentes do rock. Com nomes como The Smiths e The Cure, os EUA rebateram com o new wave de B’52 e Devo.

Nos EUA, também os anos 80 são marcados pelo advento do Glam Metal. Bandas influenciadas pelo heavy metal e hard rock do 70 misturaram ao seu som uma boa dose de pop e apostaram num visual espalhafatoso fazendo muito sucesso e marcando o rock in roll da época.

Anos 90

Muitas bandas das décadas passadas continuaram a fazer shows e sucesso, enquanto outras duraram pouco tempo e outras foram marcadas por períodos de atividade e inatividade. Nesse interim, uma geração cansada com os excessos sonoros e estéticos dos anos 80 se voltou para a sonoridade crua, agressiva e depressiva que vem de Seattle. O grunge estourou e fez do Nirvana o maior nome da década. O Peal Jam vinha logo em seguida.

Os anos 90 são marcados pelo rock pesado. É a década de maior sucesso do Guns N' Roses e que também trouxe às rádios o som pesado e agressivo do Metálica, ambas bandas americanas. Na Inglaterra, a nova geração que surgiu é mais leve e mais pop, temos o British Pop, que revelou ao mundo bandas como Blur, Oasis e Radiohead.

Anos 2000 até hoje

A partir dos anos 2000, tivemos a popularização da compartimentalização da música digital através da internet, o que enfraqueceu muito o poder das gravadoras, fazendo com que o rock também perdesse a força comercial.

Musicalmente começou-se a apostar em releituras dos estilos do passado, em novas misturas e numa estética retrô. Nenhuma banda conseguiu mais ser tão importante ou influente como as bandas do passado, mas muitos nomes importantes surgiram como Muse, Franz Ferdinand, The Strokes, Queens Of Stone Age e muitos outros.

 

O significado de Rock And Roll está na categoria Significados