Significado de Sedentarismo

O que é Sedentarismo

Sedentarismo é um substantivo masculino. O termo deriva-se de sedentário, que por sua vez, vem do Latim sedentarius, que originalmente significava “o que trabalha sentado”.

O que é Sedentarismo:

O significado de Sedentarismo caracteriza a falta, diminuição ou mesmo a ausência de atividade física regular de um determinado ser humano, não abordando somente a prática de esportes, mas as atividades em toda sua amplitude.

O sedentarismo, portanto, é quando ocorre um gasto calórico altamente reduzido, tendo diariamente somente hábitos sedentários, isto é, ações que não promovem um gasto calórico considerável (aquele que está acima do nível de repouso).

A saúde de uma pessoa sedentária se deteriora aos poucos e é um estilo de vida incorreto e não recomendável. O sedentarismo provoca maior suscetibilidade ao surgimento de patologias e diversas outras consequências para o corpo humano, por exemplo:

  • Atrofia de estruturas e funções orgânicas,
  • Deficiências funcionais, como consequência das atrofias,
  • Perda da flexibilidade articular,
  • Comprometimento do funcionamento de alguns órgãos,
  • Hipotrofia de fibras musculares.

Esses males podem ocasionar várias doenças. São alguns exemplos:

  • Infarto agudo do miocárdio,
  • Diabetes,
  • Colesterol alto,
  • Obesidade,
  • Envelhecimento precoce,
  • Morte súbita,
  • Aumento da pressão sanguínea,
  • Entre vários outros problemas.

O sedentarismo pode ser evitado por meio de mudanças no estilo de vida, na medida do possível, obviamente, dedicando-se a alguma atividade física ou exercício físico.

A diferença entre estas duas expressões é simples: enquanto que a atividade física envolve todo e qualquer movimento corporal realizado e que gera um gasto calórico, o exercício físico se enquadra as atividades físicas que são organizadas, estruturadas e repetidas, isto é, são aquelas que visam as necessidades e capacidades individuais, tais como praticar ginástica, dançar, nadar, pedalar, correr, fazer musculação, entre outras.

Fugir do sedentarismo promoverá uma melhor aptidão física, fazendo com que o organismo tenha maior energia para o dia a dia e saúde.

Sedentarismo e a Vida Moderna

O sedentarismo está intimamente relacionado com a vida moderna, sendo um dos maiores males desta. É possível afirmar que ser sedentário hoje em dia se tornou um comportamento incentivado pela comodidade do conforto, da evolução da tecnologia e da tendência – sempre crescente – em deixar de gastar energia com atividades ocupacionais que poderão ser feitas por máquinas.

O ideal é que se pratique, pelo menos, 30 minutos de atividades físicas por dia, pelos cinco dias da semana. É claro que, embora muitos não consigam esse tempo, podem distribuir os minutos nos dias disponíveis ou mesmo dividindo em blocos de 10 ou 15 minutos ao longo do dia.

Sedentarismo e Obesidade

Tal como com a vida moderna, o sedentarismo carrega nos ombros um problema chamado “obesidade” – considerado por muitos profissionais de saúde como o mal do século, em especial pela facilidade de facilitar o aparecimento de doenças e até de mortes prematuras.

A obesidade irá surgir em uma pessoa sedentária quando esta também não tomar cuidados em relação à alimentação, ou seja, quando não se alimentar de maneira correta, ingerindo alimentos impróprios e que fazem mal para a saúde (frituras, industrializados, embutidos, entre outros).

Assim como o próprio sedentarismo, a obesidade também propõe maior risco de desenvolvimento de doenças crônicas, como a hipertensão arterial, doenças cardiovasculares e até câncer.

O significado de Sedentarismo está na categoria Significados