Significado de Spread Bancário

O que é Spread Bancário

Spread Bancário é uma expressão de uso bancário.

O que é Spread Bancário:

O significado de Spread Bancário pode ser definido como a diferença entre o custo do dinheiro para o banco e o quanto ele cobra para o consumidor (físico ou jurídico) em uma operação de empréstimo, por exemplo, além de financiamentos ou investimentos.

Nesse caso, o valor que o banco toma ao tomar empréstimo é diferente daquele que será pago pelo consumidor. Cada banco e outras instituições financeiras possuem uma variação nesse valor cobrado e tem acréscimo da habitual taxa de juro cobrada pelo empréstimo.

Assim, há custos dentro do spread:

  • Custo de captação (quando custa o dinheiro para o banco – usa-se a taxa Selic como referência),
  • Cunha fiscal (impostos e compulsório),
  • Despesas administrativas,
  • Custo do risco,
  • Margem líquida do banco ou receita.

Spread é uma palavra de origem inglesa que significa “margem”.

Pode-se considerar o spread bancário como um valor percentual que os bancos aplicam sob uma taxa de referência. O spread bancário será a margem de lucro do banco, portanto.

Quanto maior o spread, maior será o lucro para o banco através de suas operações.

Atualmente, o spread bancário do Brasil é um dos mais elevados do mundo (podendo chegar até a dez vezes mais alto que em outros países). Essa posição traz muitas críticas, já que o dinheiro nem sempre é totalmente utilizado pelos bancos e seria muito mais útil para fazer a economia girar (fazê-la impulsionar). Algumas explicações para essa elevação absurda são:

  • Pelo setor bancário ser oligopolizado,
  • Ter a taxa Selic como piso,
  • Tributação e depósito compulsório são elevados demais,
  • Incertezas macroeconômicas,
  • Alto volume de créditos direcionados.

O significado de Spread Bancário está na categoria Significados