Significado de Texto Científico

O que é Texto Científico

Texto científico é o nome dado a um tipo de texto utilizado no meio científico. Em outras palavras, o significado de texto científico é, basicamente, o de uma produção textual que circula em meio científico.

Características do texto científico

Dentre as principais características do texto científico está seu escopo muito específico: um texto científico aborda fatos científicos, ou seja, resultados de um estudo, pesquisa ou trabalho que tenha a ver com conhecimento científico. O texto pode falar sobre ideias, procedimentos, resultados ou descobertas.

O texto científico é largamente utilizado no meio acadêmico, seja ele escola, faculdade ou universidade. Seu objetivo é transmitir dados e informações, fazendo uso da linguagem científica. Um texto de cunho científico aborda teoria ou conceito a respeito de determinado tópico.

Um texto científico difere muito do literário, pois, enquanto este foca na forma, aquele foca na mensagem, ou seja, o mais importante do texto científico é que ele seja escrito com clareza. Assim, é quase sempre contraindicado o uso de figuras de linguagem, para que a informação não seja mal interpretada.

O texto científico costuma circular através de periódicos e revistas específicas, em livros e em portais e sites de cunho educacional, científico ou informativo. Além disso, o TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), exigido para a obtenção do diploma de graduação em alguns cursos deve ser um texto científico, ou seja, ao terminar a graduação, o aluno não terá apenas lido textos científicos, mas terá também escrito um.

Um texto científico deve ser de fácil e fluida leitura, deve abordar o tema e informar o leitor sobre ele, provendo conhecimento teórico.

No Brasil, os textos científicos devem ser formatados de acordo com os padrões ditados pela ABNT, que é a Associação Brasileira de Normas Técnicas. Esses padrões são de natureza estrutural.

Estrutura do texto científico

Há diversos tipos de textos científicos, mas alguns elementos devem ser comum a todos, para que se enquadrem no gênero.

Todo texto científico deve ter um título, preferencialmente conciso e de fácil entendimento. Esta seria a parte mais criativa do texto científico, pois é possível utilizar metáforas e outras figuras de linguagem, desde que o conteúdo do texto fique especificado de maneira clara.

O título se insere na capa do texto científico. A capa, na verdade, é um elemento pré-textual, o que quer dizer que ela vem antes do texto ou seja, é a primeira visão que o leitor tem. Na capa deve constar o título do trabalho científico; o subtítulo, caso haja; nome do autor; o nome do orientador, caso haja; o ano e o local de apresentação, entrega ou publicação; e o nome da editora, caso o texto seja publicado.

Após a capa vem o corpo, que é o texto científico propriamente dito. Aqui encontram-se elementos textuais e também elementos pré-textuais, como o índice, a bibliografia e anexos. Há três partes essenciais que devem existir no corpo de todo texto científico: introdução, desenvolvimento e conclusão.

A introdução é a apresentação do texto científico ao leitor. Nela estão contidos, em linhas gerais, o assunto e objetivo do trabalho, além de sua pretensão.

No desenvolvimento figura a pesquisa, os resultados, a metodologia, as previsões, as hipóteses, os exemplos e quaisquer outros elementos que sejam necessários.

Já a conclusão retoma o desenvolvimento sob o ponto de vista do pesquisador, mostrando o que foi concluído, observado, descoberto. Aqui também são mencionados o resultado e as expectativas futuras.

 

 

 

 

O significado de Texto Científico está na categoria Significados