Significado de Tundra

O que é Tundra

Tundra se trata de uma espécie de vegetação que possui porte baixo, com presença quase que exclusivamente de musgos e líquens, facilmente localizada nas regiões de temperatura polar.

A origem da palavra “Tundra” é finlandesa, vinda de uma expressão “tunturia”, que quer dizer “planície sem árvores”.

A tundra é um organismo vegetal acomodado à condição de regiões polares, nos locais onde os dias e noites são muito longos. O ritmo biológico tem tendência a acompanhar mais as alterações climáticas do que a quantidade de luz do sol que pode ser aproveitada na fotossíntese.

Onde encontrar Tundra:

Tundra é encontrada em regiões polares, tundra ártica, e também em algumas montanhas bem elevadas, tundra alpina, onde sobressaem gramíneas, ciperáceos e diversos subarbustos, dentre os quais uma cadeia de musgos e liquens cobrem o solo.

O conjunto de tundras vai de 15 cm a 30 cm de altura, aproximadamente. Já os arbustos, que são mais raros, não passam de um metro de altura. A multiplicidade de tundra alpina alastra-se nas mais elevadas montanhas da zona temperada, adiante do nível alcançado pelas árvores.

Clima das tundras:

O clima da tundra é severo nas regiões polares, locais em que as temperaturas oscilam de 4° C durante o verão e até -32° C no período do inverno.

Já o clima da tundra alpina é mais aprazível, quando a temperatura no inverno moderado não excede -18° C. O clima de tundra advém ainda em terras polares da América do Sul, regiões da Antártica e Terra do Fogo, que não estão sempre com cobertura de gelo.

Características, relevo e onde encontrar as tundras:

A tundra ártica é o bioma mais seco e frio da Terra e tem uma camada chamada permafrost, que está constantemente congelada e chega a ter 600 metros de grossura. A evaporação é extremamente baixa, e devido ao permafrost, o solo possui pouca drenagem, oferecendo uma aparência úmida e embebida.
A tundra alpina se desenvolve nos países em que a altitude demasiada evita o desenvolvimento de árvores. Apesar de as temperaturas medianas costumarem ser extremamente baixas, o subsolo não fica com gelo durante todo o ano. Sobressaem arbustos pequeninos e plantas herbáceas, menos nos cumes mais elevados, onde crescem apenas musgos e liquens.

Nas proximidades do Polo Norte, acha-se a tundra desértica, onde quase não há vegetação. Musgos e liquens acontecem somente em depressões do solo, resguardadas contra o vento, a frieza e o aperto dos herbívoros. O tipo de solo agrupado à deficiência de luz intensa não permite que as plantas se desenvolvam.

A vegetação e fauna da tundra

É composta por poucas espécies, porém é farta e convêm como alimento para alguns animais herbívoros, como lebres árticas, lemingues, bois almiscarados e renas.

Mais adiante, esses herbívoros serão alimento para os animais carnívoros, como os arminhos, lobos, ursos polares e raposas árticas. Apesar de a fauna ser constituída por uma pequena quantidade de espécies, comumente a fartura de tipos dessas espécies é grande.

Diferenças entre tundra e taiga

A tundra está localizada na região do polo norte terrestre, enquanto a taiga está localizada na área da Eurásia até o polo norte, abaixo da tundra.

Na questão do clima, a taiga no verão é muito mais agradável, e na tundra o clima permanece ainda muito frio, por volta de 4°C.

A flora na tundra é composta por pequenos arbustos, musgos e líquens. Já na taiga, estão presentes pinheiros, abetos e árvores coníferas.

O significado de Tundra está na categoria Significados