Significado de Zona Rural

O que é Zona Rural

Zona rural é compreendida pela área de campo. O meio rural é basicamente áreas verdes que podem ser tanto naturais como cultivadas.

São regiões não urbanizadas que são dedicadas a atividades relacionadas à agricultura, principalmente, pecuária e extrativismo, além de também ser uma área para turismo rural e silvicultura ou conservação ambiental.

Nas regiões rurais é produzida a maioria dos alimentos que são consumidos na área urbana.

Zona rural e zona urbana

Geralmente, com a integração entre a zona rural e zona urbana, não é de fácil identificação o tipo de região, mas, suas paisagens auxiliam na diferenciação.

As áreas podem ser identificadas de modo visual, através das paisagens rurais e urbanas.

  • Paisagens rurais: Observam-se no espaço rural muitas plantações e criação de animais, como gado. O verde é a cor predominante no ambiente, menor quantidade de habitantes e pouca intervenção humana. Nas áreas rurais, a qualidade do ar é melhor, visto que é uma região bastante arborizada e contém grande número de espécies de plantas e animais. Em compensação, serviços como os de saúde e educação, por exemplo, são muito escassos.
  • Paisagens urbanas: Pode se ver muitos prédios, edifícios, comércios, muitas intervenções humanas e uma quantidade muito maior de pessoas. Nas áreas urbanas, em sua maior parte, há uma grande oferta de serviços voltados à área da saúde, educação. No entanto, as cidades sofrem principalmente com problemas relacionados à poluição e violência.

Zona rural e zona urbana – Atividades

Pode-se observar dentre as principais atividades da zona rural e zona urbana:

  • Zona Rural: Plantações como de: feijão, milho, trigo e soja;

Criação de animais como: gado, cabras, cavalos e galinhas.

  • Zona Urbana: Comércio e indústria: lojas e fábricas.                

Êxodo rural

Êxodo rural pode ser definido como a migração de habitantes da zona rural para a zona urbana. Ou seja, pessoas saem do campo para viver ou trabalhar na cidade.

As principais causas para ocorrer o êxodo rural são a busca das pessoas do interior por melhores empregos, oportunidades de estudos, mecanização da produção rural, maior facilidade em serviços médicos e hospitalares, busca por uma infraestrutura melhor e, em alguns casos, as pessoas saem do campo por questões de desastres naturais, como secas ou enchentes.

Porém, o êxodo rural causa algumas consequências prejudiciais à população, visto que nem sempre as cidades são capazes de comportar um número maior de habitantes. E com isso, o trabalho no campo, do qual a cidade também depende, fica carente.

Zona rural de Porto Alegre

Porto Alegre capital do estado Rio Grande do Sul possui uma extensa área rural que foi resguardada e conhecida por lei.

Em 1979, 30% da área total de Porto Alegre era zona rural, aproximadamente 14 mil hectares. No ano 2000 essa área foi abolida oficialmente ao entrar em vigor o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Ambiental. Com essa mudança, a área rural de Porto Alegre foi incorporada à zona urbana e foi dividida em dois tipos de ocupação, que foram a rarefeita e a intensiva.

Com isso a cidade foi conceituada como “Cidade Rururbana”, em pesquisas feitas pela Prefeitura Municipal, que originaram o Plano Diretor, que definia a área onde havia mistura de ocupações urbanas com produções primárias na cidade de Porto Alegre.

Atualmente há uma área no extremo sul de Porto Alegre que constituem 8,28% do território do município. Nesta área vivem aproximadamente mil famílias que exercem atividades de produção voltadas à agricultura, extrativismo e pecuária.

As zonas rurais são regiões muito aprazíveis e com abundância de natureza, o que não é comum nas zonas urbanas. A zona rural exerce um papel muito importante para a economia do país, visto que a plantação é a base para o consumo de muitos alimentos.

 

Compartilhe este significado: