Significado de Agnosticismo

O que é Agnosticismo

Agnosticismo se refere a uma doutrina filosófica em que qualquer atribuição de caráter espiritual ou conhecimento sobre divindades é considerado como algo inacessível de ser atingido pelo espírito humano, vez que algumas destas ideologias ou preceitos não podem ser empiricamente comprovadas.

Desta maneira, o agnosticismo considera tudo que é de ordem religiosa ou metafísica como incognoscível ou desconhecido.

Agnosticismo significado

Agnosticismo é um termo de origem grega que deriva de outro do mesmo idioma, agnostos, formado pelo prefixo “a” (sentido de privação, negação) e “gnostos” (refere-se a conhecimento).

O que é Agnosticismo:

No entanto, a palavra agnosticismo foi usada pela primeira vez pelo cientista inglês Thomas Huxley durante um encontro da Sociedade de Metafísica, no qual ele explicara sobre sua negação a qualquer tipo de declaração de cunho místico ou espiritual. Thomas estava convencido de que ninguém jamais teria capacidade para descobrir como surgiu o universo ou porque ele existe.

Desta forma, surgiu o termo agnosticismo, não como uma proposta a um novo modelo de credo, mas sim como uma postura filosófica que serve para defender que as pessoas não dispõem dos fundamentos racionais validar qualquer crença.

A partir de então, vários outros pensadores passaram a estudar e utilizar o termo agnosticismo.

Pessoa agnóstica

Uma pessoa agnóstica é aquela que não nega e nem afirma existir Deus, ou seja, ela O considera como um ser desconhecido. Assim, o agnóstico, por vezes, pode ser um ateísta ou então teísta.

Agnosticismo teísta e ateísta

O agnosticismo ateísta é muitas vezes confundido com o ateísmo, devido não acreditar que exista uma maneira de comprovar a existência real de Deus.

  • Ateísta – é caracterizado pela falta de conhecimento que possa validar a existência de Deus ou qualquer outro ser divino por meio da razão, isto é, tal probabilidade de existência é vã, incognoscível ou desconhecida.
  • Teísta – é o indivíduo que acredita existir uma divindade, porém a mesma não é passível de ser comprovada pelos métodos científicos disponíveis e é desconhecida.

Teístas e ateístas, há milênios, tentam provar suas crenças e os agnósticos acreditam que nenhum destes dois grupos até hoje conseguiram apresentar provas concretas e satisfatórias sobre elas.

Existem ainda cinco outros grupos do agnosticismo, sendo:

  1. Estrito – conhecido também como absoluto ou positivo.
  2. Empírico – suave ou aberto.
  3. Ignosticismo – baseia na crença de que antes de discutir a existência de Deus é necessário definí-lo.
  4. Apático – comprovado ou não a existência de Deus o mesmo não tem influência positiva ou negativa na vida dos indivíduos.
  5. Agnosticismo modelar – a existência ou não de Deus não tem importância alguma.

Independente de qual vertente seja, o agnosticismo nega totalmente o fundamentalismo religioso, ou seja, que as questões relativas a demônios, presença de anjos e a existência de Deus possam ser objetivamente explicadas.

Estudiosos cristãos afirmam que o agnosticismo é a falta de vontade de decidir ser a favor ou contra a existência de Deus. É um tipo de posição em que a pessoa (agnóstico) se encontra “em cima do muro”.

Ainda de acordo com eles, na Bíblia diz que o ser humano deve aceitar a Deus por fé, conforme menciona o Livro de Hebreus 11:6 – “de fato, sem fé não tem como agradar a Deus, porquanto é preciso que aquele que de Deus se aproxima creia que Ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam”.

O significado de Agnosticismo está na categoria Significados