Significado de Capitalismo-e-Socialismo

O que é Capitalismo-e-Socialismo

Capitalismo e socialismo são os dois sistemas político-econômicos mais conhecidos. Eles formam uma polaridade, pois são o significado de Capitalismo e Socialismo são conceitos definidos como opostos entre si.

O que é Capitalismo e Socialismo:

O socialismo foca na área social, sendo assim uma doutrina que defende que o Estado deva ser o dono de todos os meios de produção para que possa distribuir os produtos e as riquezas de maneira igualitária, aniquilando a diferença de classes.

O sistema socialista difere do comunista. Enquanto o segundo visa uma quebra radical com o capitalismo, defendendo a derrubada da burguesia por revolução armada, o socialismo acredita numa mudança gradual, numa reforma da sociedade capitalista, sem traumas ou choques.

Tido como pai do comunismo, o alemão Karl Marx, na verdade, foi filósofo do socialismo científico, também conhecido pelo nome: marxismo. Esta teoria objetivava comprimir as raízes capitalistas e acabar de vez com esse sistema.

A partir do final do século XX existiam diversos partidos políticos engajados na luta do proletariado em busca de uma sociedade sem classes e que substituísse o capitalismo por socialismo. Entre os partidos surgiram duas tendências: revolucionária e reformista. A primeira acreditava na luta de classes e na revolução, sem qualquer espécie de colaboração com o governo burguês. A segunda aceitava a integração de coligações do governo, é a chamada social-democracia.

O socialismo, de acordo com a teoria marxista-leninista, é apenas um momento de transição, é a faze entre o capitalismo e o comunismo perfeito e utópico.

O capitalismo, por sua vez, é o regime que objetiva aumentar os rendimentos e, por conseguinte, o lucro.

Esse sistema, por ser o vigente na maioria dos países, é o que possui mais tempo sendo aplicado. Por isso, muitas falhas do capitalismo sõ facilmente perceptíveis e, portanto, criticadas. Um dos problemas centrais é que ele gera grande diferença social, pois a concentração e também a distribuição de renda é dependente da constituição da sociedade e das oportunidades que cada indivíduo teve.

Logo no início de sua aplicação, o sistema capitalista foi o responsável por conflitos sociais pois a industria iniciante no desenvolvimento não conseguiu incorporar os trabalhadores assalariados ou dar segurança econômica. Assim, houve extrema pobreza, jornadas de trabalho exaustivas e pouca ou nenhuma segurança do trabalho. Após algum tempo de regime, quando o sistema tava mais estável e houve melhoria na produção de bens de consumo, foi possível perceber uma melhora na qualidade de vida dos trabalhadores.

A principal característica da economia capitalista do século XX é a luta por aumento salarial, o que gera bastante insatisfação com o sistema, que muitos acham ser injusto. Isso deu margem à criação do socialismo radical, que defende a nacionalização de todos os meios de produção imediatamente e, se necessário, até mesmo através do uso de armas. Aqueles menos extremistas batalham pela igualdade de classes, reforma agrária e distribuição mais homogênea de renda.

Antes mesmo disso, ao final do século XVIII, diversos pensadores já haviam denunciado os problemas e deficiências do capitalismo, em especial as injustiças e discrepâncias sociais. Essas críticas não vieram sozinhas, mas com soluções alternativas do viés do socialismo utópico. Esses pensadores propunham uma sociedade igualitária e justa, onde todos os homens desenvolveriam a tendência inerente que têm à solidariedade e à vida em sociedade.

Diferenças

Os dois sistemas possuem bastantes diferenças entre si, pois, como dito anteriormente, são opostos. Idealmente, o capitalismo possui um Estado pequeno que pouco interfere na economia. Já no socialismo ocorre o oposto, o Estado é máximo e o governo interfere na vida dos cidadãos.

O capitalismo é um sistema fácil para aqueles que têm dinheiro e, para aqueles que não o têm, dá oportunidades de criação de empresas e inovações. É difícil, mas é possível ascender de classe social e não sentir tanto o efeito das desigualdades.

Já no socialismo, o que importa é o bem comum da sociedade como um todo e o responsável por isso é o governo: ele é que providencia as necessidades de seus cidadãos. O socialismo dificulta a criação de empresas e negócios além de ser um sistema de implementação difícil. Em diversos países o conceito foi deturpado e a população é explorada pelo governo.

Guerra fria

Guerra Fria é o nome dado a uma guerra que jamais aconteceu fisicamente. Não houve troca de tiros.

A guerra Fria aconteceu entre países capitalistas e socialistas, sendo as duas maiores potências os Estados Unidos e a URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas).

A Guerra capitalismo x socialismo visava mostrar qual dos sistemas era melhor, para que o vencedor dominasse o outro. Uma das mais famosas “batalhas” da Guerra Fria foi a corrida espacial, que culminou com os americanos sendo os primeiros a pisar na lua.

Houve também a corrida armamentista, quando ambos os lados se armaram nuclearmente.

O significado de Capitalismo-e-Socialismo está na categoria Significados