Significado de Ideologia

O que é Ideologia

Ideologia é um substantivo feminino com origem na junção de duas palavras do grego antigo: idea que significa “protótipo ideal” mas também é traduzido como “aparência” ou “forma”; e logos que significa “estudo”, “discurso” ou “tratado”.

O primeiro uso do termo ideologia veio do filósofo francês Destutt de Tracy, no final do século XVII.

O que é Ideologia:

O significado de Ideologia é variado. Em senso comum, ou seja, em contextos gerais, ideologia é mais explicado como aquilo que seria ou é ideal.

Dessa maneira, ideologia seria um conjunto de ideia, visões de mundo, pensamentos e doutrinas de uma certa pessoa ou mesmo grupo perante seu meio social, econômico ou político.

A ideologia foi muito utilizada por autores através de uma concepção crítica, ou seja, consideravam a ideologia como um meio de dominação realizado através do convencimento, da persuasão, ao contrário do uso da força física. Isso quer dizer que a ideologia estava relacionada com a consciência humana.  

Durante o século XX, surgiram diversas ideologias que se tornaram destaques:

  • Ideologia fascista: foi implantada na Itália e Alemanha que surgiu entre os anos de 1919 a 1945.

Essa ideologia possuía algumas características que assentiam no totalitarismo. Rejeitava o parlamentarismo, a democracia, o individualismo, o sistema multipartidário (era a favor do partido único) e não respeitava os direitos dos cidadãos.

Tinha caráter militar, autoritário e expansionista. Nações inferiores deveriam ser subordinadas a nações superiores, de acordo com esse sistema.

  • Ideologia comunista: sistema que foi implantado na Rússia e em outros países – especialmente do Leste Europeu.

Tinha como aspectos:

- A intenção de ser um partido completamente independente das pressões e ameaças das forças do capital,

- Agir como um partido da classe operária, dos trabalhadores, bem como dos oprimidos e explorados,

- Possuir uma direção coletiva, com uma democracia interna,

- Defender os interesses do país ao mesmo tempo que é internacionalista,

- Trabalhar para que a sociedade seja socialista, sem exploradores ou explorados.

Assim como o socialismo, o comunismo negava a propriedade privada dos meios de produção e incentivava o fim da luta de classes.

  • Ideologia democrática: surgiu em Atenas, na Grécia Antiga.

Esta ideologia é atualmente aquela que mais se dissemina pelos países ocidentais, pois vê como ideal e defende a participação dos cidadãos na vida política.

O Brasil, por exemplo, é um país democrático, pois é a sociedade que define quem serão seus representantes, ou seja, o cidadão tem direito ao voto no processo eleitoral.

  • Ideologia capitalista: sistema que é caracterizado pela propriedade privada dos meios de produção, ao contrário do comunismo e socialismo.

O capitalismo surgiu na Europa com o objetivo de beneficiar a burguesia.

Esta ideologia pode ser descrita como aquela que visa o lucro e o acúmulo de riquezas.

  • Ideologia conservadora: a ideia conservadora surgiu como uma forma de reação ao Iluminismo. Se tornou uma ideologia política baseada na oposição às inovações e às mudanças, que comumente são frutos das revoluções.

Pode ser descrita como um conjunto de ideias relacionadas à manutenção dos valores sociais e morais da sociedade.

  • Ideologia anarquista: esta ideologia é considerada libertária e individualista, pois é contrária a qualquer forma de controle de poder, tais como o casamento, propriedade privada, política, escola tradicional e governo, por exemplo.

Ela defende a liberdade e nega os valores sociais e políticos existentes no mundo moderno. Além disso, vê a existência tendo base na ajuda mútua, solidariedade, responsabilidade e autodisciplina.

  • Ideologia nacionalista: é o sistema baseado na exaltação e valorização da cultura do próprio país, ou seja, a lealdade e a devoção do indivíduo devem estar acima de outros indivíduos e de grupos de interesses.

Ideologia de gênero

A ideologia de gênero, também conhecida como ideologia da ausência de gênero, é aquela que defende a ideia de que a sexualidade humana seja parte de “construções sociais e culturais” e não ser definida como um fator biológico.

Para ela, todo ser humano nasce “neutro”, ou seja, sem qualquer gênero sexual escolhido. Isso somente aconteceria com o desenvolvimento da consciência e convivência em seu meio social.

Dessa forma, todo indivíduo determina seu gênero sexual.

A ideologia de gênero também aponta que há uma multiplicidade dos gêneros. Isso quer dizer que não há somente masculino e feminino, mas também gêneros sexuais mais complexos.

Ideologia na Filosofia

Na filosofia, a ideologia tem um conceito associado à noção sensorial que um indivíduo possui do mundo ao seu redor. Assim, ele cria novas ideias.

Alguns grandes filósofos definiram a ideologia. Para Hegel, a ideologia é vista como uma separação da consciência em relação a si própria.

Para Karl Marx, ao utilizar a concepção de Hegel sobre o termo, determinou dos usos para a ideologia:

  • Aquela que causa a alienação do homem, por meio da separação da consciência, e
  • Outra que aborda a ideologia como uma estrutura bem elaborada que é composta por representações variadas que compõem nossa consciência.

A ideologia ainda foi estudada por Parmênides, Descartes, Platão e Kant.

Ideologia na Sociologia

Para a Sociologia, uma ideologia é vista como um conjunto de ideias e representações que um grupo específico produz em relação a sua função e meio.

A ideologia pode ser de caráter político, religioso, econômico e jurídico.

Por esse fato, quando há tentativas de convencer indivíduos a seguirem uma determinada ideologia pode concorrer confrontos ideológicos.

O significado de Ideologia está na categoria Significados