Significado de Método Indutivo

O que é Método Indutivo

Método indutivo é um método filosófico e cientifico para se chegar a conclusões sobre determinada questão, para se produzir algum tipo de conhecimento. No método indutivo, parte-se de premissas particulares, de fatos individuais e deles busca-se extrair algum tipo de conclusão genérica, algum tipo de conclusão de caráter universal.

O método indutivo, portanto, é aquele que faz uso da indução, quer dizer que realiza um tipo de operação mental em que um conhecimento novo é produzido, um conhecimento que aspira ser uma verdade universal, a partir da observação e análise de alguns dados particulares. Por exemplo: “Constatando que todos os homens que conhecemos são mortais, e que Aristóteles é um homem, chegamos à conclusão de que Aristóteles também é mortal”.

O método indutivo é então oposto ao método dedutivo. No método dedutivo, parte-se de ideias gerais, de verdades universalmente aceitas para se produzir algum entendimento sobre questões particulares. Não é um método usado para se descobrir novas questões, mas para análise e estudo de questões de forma pormenorizada. Ex.: “Todo homem é mamífero. Aristóteles é um homem. Logo, Aristóteles é um mamífero.

A indução seria então um método de busca de conhecimentos, de pesquisa em busca da verdade. Todas as conclusões a que chegamos pelo método indutivo precisam depois ser testadas e comprovadas para se tornarem aceitas como verdades científicas. Diferentemente do método dedutivo, que apesar de não possibilitar chegarmos a conclusões inéditas, não nos permite chegar a conclusões errôneas do ponto de vista lógico.

Durante algum tempo, Aristóteles foi considerado o primeiro filósofo a tratar do tema da indução como método, pois teria sido ele o primeiro a abordar o assunto afirmando em seu livro Metafísica que Sócrates usava como método a indução. Entretanto, hoje sabe-se que o conceito de indução ao qual se referia Aristóteles não coincide com o entendimento do termo indução que temos hoje.

Francis Bacon e o Método Indutivo

Francis Bacon (1561 – 1626) foi um importante filósofo e teórico inglês que foi o responsável por desenvolver as bases do método científico e do método indutivo tal qual concebemos hoje. Bacon foi um homem do Renascimento e buscou em seus escritos renovar a ciência e a filosofia, assumindo a importância de se desenvolver conceitos e ideias que não se limitassem a compreender a realidade, mas também a transformar e a agir sobre ela. Bacon era um filósofo pragmático, que entendia que só eram válidos conhecimentos que trouxessem proveitos ao indivíduo e à sociedade.

Para Francis Bacon, a busca do conhecimento pelo conhecimento sem fins práticos era pura vaidade. Ele foi um homem ativo na sociedade, que se envolveu em política, que disse que conhecimento é poder e que através do conhecimento, o homem conseguirá dominar a natureza.

Seu método indutivo propunha uma negação às verdades e tradições aceitas em seu tempo numa primeira etapa, e depois propunha a construção do conhecimento, a construção de novas ideias que deveriam ser experimentadas com vistas a se descobrir quais seriam os seus proveitos para o homem.

O significado de Método Indutivo está na categoria Significados