Significado de Revolução Industrial

O que é Revolução Industrial

Revolução Industrial é o conjunto de transformações e mudanças que ocorreram na Europa durante os séculos XVIII e XIX. Esse período foi marcado particularmente pela substituição do trabalho artesanal pelo assalariado com a utilização de máquinas e fábricas, para aumentar a produção empregando menor tempo. Este movimento marca a transição da Idade Média e da vida no campo para uma vida nas cidades e a fabricação de produtos em larga escala.

Na Revolução Industrial, a substituição do trabalho artesanal pelas máquinas foi realizada com o objetivo de aumentar as margens de lucro.

Marcaram este período: o crescente uso da energia a vapor, novos processos de produção de ferro, substituição da madeira pelo uso do carvão, desenvolvimento das máquinas e maior eficiência da energia da água.

A Revolução Industrial se iniciou na Inglaterra e rapidamente se espalhou para a Europa e Estados Unidos. Para muitos historiadores, ela foi um verdadeiro divisor de águas, pois todos os aspectos relacionados à vida cotidiana da época foram fortemente influenciados. A população começou a experimentar um crescimento sem precedentes baseado simplesmente pela boa renda média.

Causas da Revolução Industrial

A Revolução Industrial teve na Inglaterra a sua principal precursora, uma vez que o país contava com uma burguesia rica, a mais importante zona europeia de livre comércio, êxodo rural e ainda uma privilegiada localização próxima ao mar que lhe permitia melhor e maior exploração dos mercados marítimos.

Além disso, outras causas que levaram a culminar a Revolução Industrial, principalmente na Inglaterra foram as seguintes:

  • Surgimento do Parlamentarismo
  • Aumento da riqueza e o acúmulo de capital
  • Criação de máquinas para as indústrias
  • Melhoria dos métodos agrícolas
  • Invenção das máquinas de fiar, tear mecânico e máquina de vapor
  • Disponibilidade de matéria-prima
  • Crescimento do mercado consumidor
  • Aperfeiçoamento e inovação das técnicas de produção
  • Progresso científico e técnico
  • Aumento do êxodo rural
  • Aumento da mão de obra barata
  • Introdução do liberalismo político e econômico.

Veja também o significado de Iluminismo e Absolutismo.

Fases da Revolução Industrial

Outro fator crucial para que os trabalhadores aderissem às indústrias na época foi devido ao fato de que existia uma lei inglesa que punia as pessoas de vadiagem. Dessa forma, a adesão da população foi massiva, caso contrário, quem estivesse na rua sem emprego poderia sofrer punições como, por exemplo, o castigo físico e até mesmo ser morto se fosse reincidente.

As fases da Revolução Industrial foram marcadas por profundas modificações econômicas e tecnológicas que possibilitaram a consolidação do sistema capitalista, assim como o surgimento de novas formas de organização da sociedade.

As transformações foram a nível tecnológico, econômico e social, tanto na Inglaterra como na Europa Ocidental, e depois se estenderam aos demais países. Os desdobramentos ocorridos durante a Revolução Industrial são conhecidos como fases ou ondas, que correspondem a cada etapa do processo evolutivo das tecnologias que foram desenvolvidas, e as mudanças socioeconômicas que foram provocadas em toda a sociedade.

Primeira fase

A primeira fase da Revolução Industrial ocorreu entre meados do século XVIII e XIX, mais precisamente entre os anos de 1760 e 1860. É marcada pela transformação do setor industrial. Iniciou-se um novo padrão de consumo durante este período, ao passo que houve a troca da energia produzida pelo homem por outras como, por exemplo, a vapor, a eólica e a hidráulica.

Além disso, houve outras grandes mudanças que marcaram o período. São elas:

  • Substituição da produção artesanal pela manufatura
  • Mecanização dos processos
  • Surgimento do proletariado (classe de trabalhadores)
  • Desenvolvimento da locomotiva e da máquina a vapor
  • Desenvolvimento do telégrafo como o principal meio de comunicação
  • Modificação da produção (com a diminuição do tempo e aumento consequente da produtividade)
  • Maior aumento das matérias primas
  • Maior alcance dos consumidores
  • Maior distribuição dos bens produzidos na época.

Veja aqui o significado de Manufatura.

Segunda fase

Este é o período que ocorreu entre a segunda metade do século XIX até meados do século XX, finalizando durante a Segunda Guerra Mundial, e teve o seu início nos Estados Unidos. Foi um período de grandes avanços na industrialização, alcançando outros lugares para além da Europa Ocidental como, por exemplo, o Japão.

As mudanças que marcaram este período foram as seguintes:

  • Aumento dos lucros industriais e modificação da sociedade da época
  • Grande incentivo as pesquisas (com destaque para a Medicina)
  • Uso do petróleo como uma das principais fontes de energia
  • Utilização do motor a combustão
  • Criação de veículos automotores e de aviões
  • Utilização de motores especiais como, por exemplo, os elétricos
  • Substituição do ferro pelo aço
  • Aperfeiçoamento significativo das tecnologias empregas na utilização das máquinas industriais que tiveram a sua eficiência aprimorada.
  • Avanço dos sistemas de telecomunicações, principalmente com o rádio e o telefone.

Terceira fase

A terceira fase teve início durante a metade do século XX, logo após a Segunda Guerra Mundial e se estende até os dias atuais. O seu início também provém dos Estados Unidos. Este período ficou conhecido como a Revolução Técnico-científica, uma vez que houve um bom desenvolvimento da robótica, já que o desenvolvimento tecnológico foi direcionado ao processo produtivo, bem como o avanço científico espalhou-se facilmente por todo o mundo.

Essas transformações são vivenciadas facilmente até os dias atuais e cada descoberta nova representa um novo patamar. Outras mudanças que marcam este período são as seguintes:

  • Fortalecimento do sistema capitalista
  • Introdução de novas fontes de energia como, por exemplo, a nuclear
  • As condições de trabalho ganharam melhorias com a ampliação dos direitos trabalhistas
  • Desenvolvimento da Biotecnologia e da Genética
  • Desenvolvimento da Globalização
  • Início e desenvolvimento da informática (com o alcance crescente de pessoas)
  • Crescimento econômica da Alemanha e do Japão que acabaram se destacando como importantes figuras econômicas mundiais.

Revolução Industrial 4.0

A Revolução Industrial 4.0, também conhecida como a Quarta Revolução Industria, lé um termo empregado para englobar determinadas tecnologias voltadas para a automação e a troca de dados.

Nela se utiliza conceitos de sistemas de computação em nuvem e internet das coisas. O termo indústria 4.0 teve origem em um projeto de alta tecnologia desenvolvido pelo governo alemão com o objetivo de promover a informatização da manufatura..

O significado de Revolução Industrial está na categoria Significados