Significado de Tupã

O que é Tupã

Tupã tem vários significados, mas podemos apontar como sinônimo trovão. A sua origem vai de encontro à mitologia indígena tupi-guarani, onde essa palavra era usada para designar um ser supremo. Os povos de língua tupi faziam mesmo uma festa em louvor a Tupã. Nos significados indígenas significa ainda Deus.

Os jesuítas deram o nome de Tupã a Deus, ou seja, ao criador do Universo, isto durante o processo de catequização dos índios.

O que é Tupã:

O significado de Tupã, segundo os indígenas tupi-guarani, era uma manifestação de um Deus, a qual se dava através do som de um trovão. No entanto, existem outros significados relevantes para o conceito. Vejamos um pouco mais sobre ele.

O conceito já existia antes da catequização jesuíta, e talvez já existisse antes dos tupis. No entanto, a palavra deveria ser usada apenas como um conotativo para o som do trovão.

Desta forma, o tupã era algo que os índios temiam, mas desconheciam de onde provinha, e qual a causa de seu aparecimento.

Alguns estudiosos apontam para o fato de que os indígenas acreditavam na existência de algo maior, superior, de uma força divina. Ou seja, ao contrário do que se julgava, os indígenas tinham uma noção de Ente Supremo, e que ele fazia ouvir-se através do som dos trovões, em tempos de tempestade.

Para os indígenas, Tupã era o deus da criação, da luz, cuja moradia é o sol.

Embora seja comum as pessoas pensarem que Tupã fazia parte integrante da cultura dos tupi-guarani, a ideia de Tupã como Deus, ou força superior, foi incorporada pelos jesuítas que se aproveitaram do medo que os índios sentiam do barulho do trovão.

Para esclarecer o significado da palavra indígena, podemos afirmar que se referem aos índios nativos de uma dada região ou aborígene.

Portanto, os significados indígenas da palavra Tupã têm uma ligação forte com os presságios que eles pensavam ser os trovões. (o que significa presságio? É um sinal que indica algum acontecimento futuro).

 

O significado de Tupã está na categoria Significados