Significado de Xamanismo

O que é Xamanismo

Xamanismo é um termo usado para classificar uma série de práticas religiosas muito antigas que envolvem o contato com entidades, espíritos e realidades paralelas, envolve cura, transe e o uso de ervas medicinais e psicoativas. O xamanismo pode ser entendido como uma série de técnicas ancestrais que permitem o contato com o sagrado através de um êxtase místico.

O termo xamanismo foi cunhado pela antropologia para designar uma série de práticas bastante antigas encontradas em diversas culturas do mundo e que ainda hoje são praticadas e desenvolvidas. Estipula-se que o xamanismo já existia há cerca de 50.000 anos e vestígios da prática são encontrados hoje em todos os continentes.

O xamanismo é desenvolvido pelo xamã, um líder espiritual devidamente treinado e experiente, que domina as técnicas e os segredos milenares que lhe permitem atingir um estado de êxtase, que o faz enxergar realidades invisíveis num estado normal de consciência.

Entre as capacidades desenvolvidas por um praticante do xamanismo está a capacidade de num estado alterado de consciência assumir a forma de uma animal e viajar através de uma outra realidade, no que poderia ser chamado de uma experiência fora do corpo. Nessa viajem astral, o xamã encontra conhecimento e respostas a perguntas, que podem ser, por exemplo, a cura para uma doença ou um presságio sobre o futuro.

Uma das principais funções do xamanismo nas culturas onde ele é praticado é trazer a cura, e para isso o xamã, além de precisar ter o domínio das técnicas que lhe permitem o contato com outras realidades precisa também se utilizar do poder de plantas medicinais, rezas e pedras.

No xamanismo, encontramos também uma devoção à natureza, ao Sol, a Lua e as Estrelas, e a percepção de que todas as coisas contém Deus e si e todos os espíritos da natureza se relacionam e interagem uns com os outros.

Para atingir o estado de transe necessário para realizara sua viajem de conhecimento, o xamã, além de bebidas preparadas com base em plantas especiais, usa também instrumentos como maracás ou tambores, assim como danças e canções de poder. Essa conexão mística permite ao xamã mais do que curar doenças, permite influenciar a natureza de modo a conseguir a caça, afastar o os maus espíritos, aconselhar os jovens e exercer a função de sacerdotes.

O termo xamã vem do russo, pois foi na região da Sibéria e na Ásia central onde se constatou pela primeira vez estas práticas e de onde partiram os primeiros estudos antropológicos a respeito. Contudo, logo se constatou que práticas semelhantes àquelas desenvolvidas na Ásia eram desenvolvidas também em outras partes do mundo e o termo xamanismo passou então a ser usado de forma genérica se referir a todas elas.

Xamanismo no Brasil

No Brasil, o xamanismo é praticado entre as tribos indígenas, e a função de xamã é exercida pela pajé. No Brasil, quando praticado entre os indígenas, o xamanismo pode ser chamado de pajelança, e entre as práticas desenvolvidas estão algumas como: o jejum, dietas, o uso do tabaco, massagens, defumação, extração de uma doença através do vômito e etc.

Xamanismo e Animais

Uma das crenças do xamanismo é a de que todos nós possuímos um animal de poder e que através de certas práticas podemos descobrir qual é esse animal. Esse animal é uma espécie de protetor e é também um símbolo de um traço forte em nossa personalidade.

Esses animais são chamados de animais de poder, e se for uma águia, por exemplo, significa uma pessoa de grande visão, o coelho remete a fertilidade, o elefante a inteligência e etc.

O significado de Xamanismo está na categoria Significados