Significado de Epidemia

O que é Epidemia

Epidemia é um substantivo feminino. O termo vem do Grego epi-, que significa “sobre”, mais demos, que quer dizer “povo” – isto é, a palavra indicava a “prevalência de uma doença contagiosa sobre uma parte importante da população”.

O que é Epidemia:

O significado de Epidemia é, similar a sua origem, uma propagação de uma doença infecciosa que ocorre e se desenvolve de maneira muito rápida e, em um curto intervalo de tempo, ataca simultaneamente um número elevado de pessoas.

Ou seja, a epidemia é uma doença que em grande maioria é infecciosa e transitória, acaba se espalhando e fazendo várias vítimas de uma determinada região ou localidade.

As epidemias geralmente ocorrem quando a população de uma certa região entra em contato, pela primeira vez, com um agente patogênico, que, nesse caso, pode ser um vírus, uma bactéria ou outro microrganismo - estes acabam se propagando por vários meios possíveis, tais como: o ar, a saliva, a água, o sangue ou mesmo pelos animais (que são os hospedeiros).

Como o sistema imunológico da população não está preparado para conter a doença, ela acabará se espalhando rapidamente e fazendo diversas vítimas.

É por isso que existem as campanhas de vacinação em massa: para evitar as epidemias.

Na história do mundo, várias epidemias chamaram a atenção. Na época da Idade Média, por exemplo, existia a peste bubônica, conhecida mais popularmente como a “Peste Negra”, que provocou milhões de mortes durante o século XIV.

 A epidemia mais recente foi em 2014, mais especificamente na África, em relação ao Ebola – alguns países do continente africano sofreram muitas perdas, pois além de fácil propagação, a doença provoca hemorragia interna, o que leva à falência de órgãos e, por fim, à morte.

Por extensão, o termo epidemia também pode se referir ao agravamento de uma ação, de um comportamento, de um fenômeno. Pode também determinar um elevado número de ocorrências.

Por exemplo:

“Uma epidemia de desempregados é o resultado de uma má administração governamental.”

“Com a crise, há uma epidemia de assaltos na cidade.”

No sentido figurado, o termo epidemia ainda pode designar o que está sendo usado por uma grande quantidade de pessoas, isto é, é uma forma de generalizar o que está na moda.

Por exemplo:

“Já pode-se imaginar que a próxima epidemia será os tons vibrantes.”

Endemia, pandemia e epidemia

Endemia e pandemia são palavras com significados que podem confundir e não são iguais ao conceito de epidemia.

A endemia é um termo que denomina uma doença localizada em um determinado local, que é chamado de “faixa endêmica”, isto é, uma doença que se manifesta somente em uma certa região. É geralmente infecciosa, que não atinge e nem se espalha para outras comunidades.

Um exemplo no Brasil é a malária, que tem sua área endêmica na Região Amazônica.

A pandemia, por outro lado, é o nome dado a uma epidemia que atingiu grandes proporções, que atingiu grande parte de um continente ou mesmo várias partes do mundo. Uma pandemia também pode ocasionar inúmeras vítimas e destruir regiões e cidades inteiras.

Resumidamente:

  • Endemia: quando uma doença existe somente em uma determinada região,
  • Epidemia: quando esta doença é transmitida para outras populações,
  • Pandemia: quando esta epidemia se alastra de maneira desenfreada.

Marketing viral

O marketing viral (ou conhecido também como publicidade viral) tem uma ideia parecida com a epidemia, pois o pessoal responsável pela área de publicidade tem como responsabilidade utilizar-se de técnicas que consigam trazer maior divulgação da marca, além de propaga-la em uma velocidade maior.

Ou seja, é um modo de epidemia quando pensa-se em atingir o maior número de pessoas aliada com a velocidade da informação para que conheçam a marca.

O significado de Epidemia está na categoria Significados