Significado de Atmosfera

O que é Atmosfera

Atmosfera é uma palavra que chega até o português através de uma palavra que surgiu no latim tardio: atmosphaera.

Por sua vez, essa palavra latina surge da junção de duas palavras gregas: atmos e spharia. A primeira quer dizer algo como vento ou ar. Já a segunda significa esfera.

Assim, o significado de atmosfera, de maneira literal, seria: esfera de ar.

A atmosfera, na verdade, é uma camada gasosa que envolve algum corpo. A atmosfera terrestre, no caso, é a camada gasosa que envolve o planeta e acompanha a Terra. Esse movimento da atmosfera acontece devido à gravidade. A atmosfera é muito importante, visto que ela tem a função de controlar a temperatura da Terra.

A atmosfera é composta por diversos gases que também protegem o planeta dos raios solares que são mais nocivos, tornando possível a existência de vida.

Dentre os gases que compõem a atmosfera, encontram-se o oxigênio, o hélio, o dióxido de carbono, o ozônio, o nitrogênio e o vapor de água.

Camadas da Atmosfera

A atmosfera não é única, mas possui diversas camadas de gases organizados de acordo com a distância que estão da superfície da Terra.

As camadas da atmosfera são cinco: troposfera, estratosfera, mesosfera, ionosfera e exosfera.

A troposfera é a camada da atmosfera mais próxima da superfície terrestre, ou seja, é a camada mais baixa. Praticamente todo o vapor de água se concentra nela, além de por volta de 75% dos gases atmosféricos. É, portanto, nesta camada que ocorrem os fenômenos climáticos e meteorológicos, como vento, chuva e neve. A espessura da troposfera não é constante, mas sim varia de acordo com a região. Sua menor espessura é de 16 km e a maior, de 10 km.

Já a estratosfera vai até 50 km acima do nível no mar. É na estratosfera que está localizada a camada de ozônio. O ozônio é a camada que filtra os raios nocivos do sol. A camada de ozônio, por si só, não falha, mas a ação humana criou buracos na camada de ozônio, que prejudica a proteção que a camada fornece, permitindo a chegada de raios perigosos ao planeta.

A mesosfera sobe até 80 km do nível do mar e é a mais fria, atingindo até -95º C.

Acima, fica a ionosfera, até 500 km acima do nível do mar, podendo atingir até 1000º C de temperatura.

Por último, está a exosfera, que é a zona de transição entre o espaço e a Terra. Sua temperatura é alta e sua densidade é baixa.

Efeito estufa

O Efeito Estufa é um assunto muito em voga e que possui ligação direta com a atmosfera terrestre.

O efeito estufa ocorre quando o calor irradiado pela Terra, ao invés de ser enviado para o espaço, fica preso pelos gases poluentes e, sendo assim, retorna para a Terra, elevando a temperatura do planeta.

O nome efeito estufa vem do fato de que os gases poluentes funcionarem exatamente como uma estufa que envolve a Terra, impedindo que o calor saia. Sendo assim, há muitas consequências, como mudanças climáticas, derretimento de geleiras, aumento do nível do mar.

O efeito estufa, assim como os buracos na camada de ozônio, são fenômenos que ocorrem devido à poluição e a única forma de acabar com eles seria parando de poluir. É por isso que há cada vez mais uma “onda verde”, um movimento que é a favor do meio ambiente, que luta pela diminuição da poluição para que os efeitos catastróficos da poluição possam ser diminuídos.

Chuva Ácida

A chuva ácida é um fenômeno de natureza atmosférica. Basicamente, a chuva ácida ocorre quando a água da chuva possui uma acidez maior que a do dióxido de carbono. A chuva normal já possui certa acidez, mas quando ela é elevada, no caso da chuva ácida, há efeitos nocivos.

Não há forma de precisar isso, mas cientistas acreditam que a chuva ácida tenha começado com a Revolução Industrial. Isso porque a acidez da chuva provém de gases tóxicos suspensos na atmosfera que acabam sendo carregados junto da água.

Dentre os efeitos prejudiciais da chuva ácida, encontram-se a diminuição do pH de lagos e rios, a esterilização do solo e a corrosão de prédios e monumentos.

 

O significado de Atmosfera está na categoria Significados