Significado de Seminário

O que é Seminário

Seminário é um substantivo masculino. O termo vem do Latim seminarium, que quer dizer “viveiro de plantas”.

O significado de Seminário se refere a um encontro didático onde determinadas informações reunidas são apresentadas, em especial através da linguagem oral.

Nesses casos, uma pessoa (ou mais) tem a função de interagir com outras pessoas sobre o assunto em questão. Em geral, o seminário dura, no mínimo, duas horas.

Basicamente, um seminário é uma reunião especializada, podendo ser técnica ou acadêmica, que leva em consideração estudos mais aprofundados sobre determinado tema. No caso acadêmico, por exemplo, o seminário se torna um grupo de estudo e de investigação que tem orientação de um docente.

A aprendizagem em um seminário é bastante elevada, afinal os participantes são incentivados a elaborar informações e fazer pesquisas para que uma colaboração recíproca seja possível com o especialista (a pessoa que irá ministrar o seminário), fazendo com que se tenha uma boa interação.

Para que serve um seminário?

O seminário tem como principal objetivo prezar pela propagação de conhecimento por parte do especialista para as pessoas que estão presentes, em relação ao assunto (técnico ou científico) que foi previamente estudado por quem está apresentando e até por quem está participando do seminário.

Obviamente, o apresentador do seminário deve dominar o assunto que será abordado, tomando como base uma pesquisa que tenha bastante informação, assim ele consegue contestar o assunto através de suas ideias e expor dados atualizados sobre o mesmo.

Como fazer um seminário

Como é um procedimento metodológico, o seminário supõe o uso de uma dinâmica de grupo para o estudo e pesquisa sobre um assunto predeterminado. Embora ele possa assumir várias formas, o seminário tem aquele objetivo básico: fazer a leitura, análise e interpretação de informações.

A montagem e realização de um seminário, portanto, irá conter alguns passos básicos.

Estudo prévio do assunto

Aquele que se responsabiliza por ministrar a comunicação no seminário (o especialista, docente ou apresentador, como pode ser chamado) precisa ter certeza de que o estudo foi estudado de maneira minuciosa, afinal ele estará fazendo uma apresentação ao público.

Ao contrário do que aconteceria em uma palestra, por exemplo, o seminário exige uma interatividade muito interessante entre o especialista o as pessoas (o público-alvo). Dessa forma, é fundamental que o especialista esteja preparado para informar, mas ao mesmo tempo para responder quaisquer questionamentos que possam surgir do público.

Características do público-alvo

Aquele que é responsável pelo seminário deve entender como que o público-alvo (as pessoas que irão participar de seu seminário) se caracteriza, ou seja, é importante que ele reúna algumas informações importantes sobre esse público para que ele saiba qual é a melhor abordagem a ser adotada no seminário.

No caso, é sugerível que se saiba as seguintes características do público-alvo:

  • Faixa de idade,
  • Expectativas dos mesmos em relação ao que será abordado dentro do tema,
  • Qual é o interesse pelo tema,
  • A quantidade de conhecimento prévio do assunto.

Apresentação

Com os passos seguintes já realizados, o especialista possui maior entendimento sobre quem é o público-alvo a quem seu seminário se destina, o que já favorece a decisão de qual será a melhor maneira de abordar o assunto.

Como regra geral, um seminário é ministrado em linguagem formal, sempre prezando por um bom tom de voz e boa articulação de discurso, ou seja, o especialista deve ter clareza e altura de voz para que ela possa ser entendida e ouvida por todas as pessoas presentes naquele local.

Outra recomendação sobre a apresentação de um seminário são os cuidados com expressões faciais e gestos em demasia, pois a intenção é apenas manter o foco na comunicação do especialista para com seu público-alvo.

Recursos utilizados

Não somente a contribuição fornecida pelo intelecto do especialista (apresentador, comunicador, docente, etc.), um seminário pode contar com a ajuda de alguns recursos para tornar esse momento mais rico em informações.

Isso quer dizer que mesmo que a linguagem predominante seja a verbal, os recursos audiovisuais (principalmente) podem ser adicionados. É o caso de retroprojetor, filmes, slides, Datashow e CDs – mas o intuito não é que eles substituam a exposição oral!

Roteiro de organização de um seminário

Um seminário pode ter uma organização relativamente simples, baseando-se no exemplo abaixo:

  • Antes do seminário: os participantes (público-alvo) podem receber uma prévia sobre a apresentação,
  • No dia do seminário: uma breve introdução sobre o assunto para o público-alvo,
  • Apresentação: se inicia a apresentação, levando-se em conta se há mais de um comunicador ou não. Também é necessário lembrar da explicação e posterior reflexão sobre aquela determinada etapa,
  • Discussão geral: há a opção de discussão para todas as pessoas presentes no seminário,
  • Síntese final: após a discussão geral, o comunicador faz uma síntese sobre final sua apresentação.

Tipos de seminário

O seminário pode estar presente nas três principais áreas da vida de um ser humano: na escola, na universidade/faculdade e no mercado profissional.

Seminário escolar

O seminário escolar é realizado na sala de aula através da apresentação de um ou mais alunos perante sua turma. Na maior parte das vezes, o professor escolhe um tema e solicita que os estudantes façam um estudo minucioso para que seja possível obter uma boa apresentação das informações para os colegas.

É comum considerar um seminário escolar como uma aula ministrada pelos alunos aos seus colegas de classe.

O objetivo do seminário escolar é fazer com que os alunos desenvolvam suas capacidades de pesquisa, criação de texto e apresentação oral.

Seminário acadêmico

Na comunidade acadêmica, os seminários tendem a apresentar informações científicas a estudantes de faculdades e professores universitários, com o intuito de discutir a respeito posteriormente.

Nesse tipo de seminário, há também a finalidade de desenvolver ou aperfeiçoar as capacidades de pesquisa de cada pessoa, mas também abrange a sua sistematização de fatos, de seu raciocínio e conclusão sobre aquele determinado tema.

Da mesma maneira, o assunto é estudado previamente.

Seminário profissional

No mercado de trabalho, o seminário profissional envolve a apresentação sobre as profissões. Nesse tipo de seminário, a apresentação fica por conta de profissionais de diferentes áreas para que se possa fornecer informações acerca do mercado de trabalho para que o público consiga escolher sua profissão de forma mais facilitada.

Além disso, por ser ministrada por profissionais, o público pode esclarecer seus questionamentos com os mesmos.

Seminário religioso

Seminário religioso, também chamado de seminário teológico, é o nome dado ao estabelecimento em que se destina a instrução de jovens que desejam se dedicar à carreira eclesiástica, ou seja, que queiram se formar sacerdotes/padres.

Tais jovens devem ter plena ciência dos requisitos para tal seminário, entre os quais são a disponibilidade para o celibato (isto é, não constituir família, nem se casar), além de terem passado pelos sacramentos de batismo, confissão, comunhão e crisma. Idade, saúde física e psíquica, além de outros fatores também influenciam na decisão.

Os seminários contam com a autoridade de um bispo e podem durar 12 anos.

O significado de Seminário está na categoria Significados